Reciclagem

Março 22 2011

Do total de 98 000 toneladas de pneus que a Valorpneu recolheu em 2010, 94 373 referem-se a toneladas geradas no ano passado e 3 643 referem-se ao passivo de pneus. 18 657 toneladas foram reutilizadas (inclui-se a recauchutagem), 49 957 toneladas foram enviadas para reciclagem e o restante seguiu para valorização.«Este foi o ano em que reciclámos mais pneus, sendo que temos um nível máximo de recolha de mais de 100 por cento», refere Climénia Silva, directora-geral da entidade gestora.

Depois de ter terminado, em Fevereiro do ano passado, o processamento de todo o passivo de pneus usados dos Açores, num total de 5 439 toneladas, a responsável diz acreditar que o passivo da Madeira, de 900 toneladas, ficará resolvido este ano. «Vai ser feito um reencaminhamento para a própria região, o que não implica custos para a Valorpneu. Está previsto que, em 2011, este passivo na Madeira fique resolvido». A responsável sublinha ainda que, no caso do Continente, teoricamente já não deveria haver passivo, mas ainda existe algum, não registado, ao qual é preciso dar resposta.

Apesar do aumento da reciclagem dos pneus, um relatório da APA conclui que a Valorpneu, entre outras entidades, está com um desvio de mais de 10 por cento relativamente às metas, na reutilização e preparação para reutilização. Na resposta, Climénia Silva admite o desvio na meta, sublinhando, no entanto, que o problema passa pela má definição do objectivo. «Temos todos os recauchutadores dentro do sistema e o que produzem não chega para atingir a meta. É preciso sublinhar que a meta portuguesa é o dobro da meta europeia, o que a torna simplesmente inalcançável», admite a responsável.

Reutilização e inovação de mãos dadas

Há três anos que a Valorpneu decidiu apostar mais forte na reutilização, nomeadamente através de um prémio de inovação. No primeiro ano, o prémio foi atribuído a um projecto dedicado aos carvões activados: «Este é um trabalho interessante e que pode ter valor comercial. No entanto, falta ainda estudar a viabilidade do projecto. O vencedor e promotor desta ideia está a trabalhar na Valorpneu e tem colaborado no desenvolvimento de outros projectos», refere.

No segundo ano, o projecto vencedor foi um labirinto de pneus, sendo que já existe um acordo com a Câmara Municipal de Mirandela para materializar esta ideia, em princípio ainda este ano.

fonte:http://www.ambienteonline.pt/

publicado por adm às 22:15

Tudo sobre a Reciclagem
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links