Reciclagem

Fevereiro 04 2011

Revendo a directiva de 2003, o Parlamento Europeu aprovou ontem novas regras para a recolha de resíduos de equipamentos eléctricos e electrónicos (REEE), que pretendem melhorar a reciclagem e impedir a transferência ilegal do lixo para outros países. 

O objectivo é que, até 2016, 85% dos materiais sejam recolhidos nos Estados membros, garantindo a reciclagem de pelos menos 50% dos equipamentos. 5% dos materiais devem também ser reutilizados.

 

O lixo electrónico, que envolve categorias desde frigoríficos a telefones e computadores, é o que regista um crescimento mais rápido na União Europeia, e embora as regras em vigor já apontem para a obrigatoriedade de recolha e reciclagem o executivo europeu pretende alargar as redes e evitar que os resíduos sejam "exportados" para países em vias de desenvolvimento. 

O Parlamento Europeu pretende que cada país garanta a recolha de pelo menos 4 Kg de resíduos per capita já em 2012. O objectivo é que os cidadãos sejam mais proactivos mas o comportamento da indústria é igualmente importante para a preservação do meio ambiente mas também para a recuperação de matérias-primas valiosas. 

Curiosamente os painéis solares (módulos fotovoltaicos) são excluídos desta obrigatoriedade, já que o Parlamento considera que são instalados e retirados por profissionais qualificados e que contribuem para alcançar os objectivos das energias renováveis e para uma redução do CO2. O relatório do Parlamento lembra ainda que a indústria solar integrou ainda um acordo voluntário para a reciclagem de 85% dos módulos. 

As alterações aprovadas pelo Parlamento vão agora ser analisadas pelo Conselho de Ministros da UE, mas ainda não há um acordo sobre a reformulação desta directiva.

fonte:tek.sapo

publicado por adm às 22:46

Tudo sobre a Reciclagem
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links