Reciclagem

Outubro 16 2010

Havan recicla quase cinco mil lâmpadas em menos de dois anos

 

A rede Havan foi novamente certificada pela D & N Meio Ambiente, de Camboriú (SC), pelos serviços de descaracterização e descontaminação de lâmpadas consumidas nas lojas. Nesta nova etapa, a empresa promoveu o destino correto para mais 874 lâmpadas, arrecadas nas filiais de Santa Catarina, resultando em 500 quilos de vidro triturado.

Somadas ao total reciclado desde o início da campanha, a Havan já destinou corretamente 4873 lâmpadas. A rede de lojas iniciou a reciclagem em maio de 2009, antecipando-se a Lei de Resíduos Sólidos, que entrou em vigor no dia 2 de agosto de 2010.

A reciclagem é feita em Brusque, pela Bulbox Triturador e Descontaminador de Lâmpadas Fluorescentes, empresa contratada pela Havan. Segundo Andréa Cristiane Biergeier, do departamento de vendas da Bulbox, a Havan é a única rede de lojas cadastrada na empresa.

Ela conta que apenas 2% das 100 milhões de lâmpadas fluorescentes descartadas por ano no Brasil são recicladas. Em Santa Catarina, estima-se que apenas 5% das lâmpadas fluorescentes queimadas são recicladas. No Estado, existem apenas duas empresas certificadas para trabalhar com este tipo de reciclagem.

Risco à saúde - Por conter mercúrio e fósforo, as lâmpadas não devem ser jogadas no lixo comum. A quantidade de mercúrio em uma lâmpada fluorescente comum, por exemplo, polui cerca de 20 mil litros de água. Através da ingestão direta dessa água contaminada ou de alimentos irrigados com ela, as substâncias tóxicas chegam ao organismo humano, que não consegue metabolizá-las. Portanto, os metais se acumulam no organismo, o que pode gerar doenças.

Conforme Arno Jorge Eberle, responsável pela campanha, o objetivo da Havan é preservar o meio ambiente, evitando a contaminação do ar, água e solo. No ano passado, 2760 lâmpadas fluorescentes ganharam o destino correto na Havan, através do sistema Bulbox. Neste ano já são 2113 lâmpadas recicladas.

A campanha é mais uma ação de responsabilidade social e ambiental da Havan, promovendo a sustentabilidade. As lojas da rede no Paraná também já estão separando as lâmpadas para serem recicladas.

Sistema Bulbox - A Bulbox conta com sistema de descarte adequado das lâmpadas fluorescentes queimadas, que armazena com segurança todos os componentes, separando-os e possibilitando a reutilização dos resíduos.

O sistema é portátil e executa o trabalho no próprio local de armazenagem das lâmpadas. Funciona à vácuo, evita riscos de contaminação do ar por gases nocivos e garante segurança na operação, devolvendo à atmosfera apenas o ar descontaminado.

O vidro separado é enviado para a empresa Reciclagem de Vidros Catarina.

fonte:revistafator

publicado por adm às 22:58

Tudo sobre a Reciclagem
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links