Reciclagem

Dezembro 20 2011

Uma notícia boa no ramo da reciclagem para nós, brasileiros. No último dia 14 foi divulgado o 7º Censo da Reciclagem do PET no Brasil pela Associação Brasileira da Indústria do PET (Abipet). Nele, os dados apontam um aumento de 7,6% do ano retrasado para o passado.

Em 2010 foram recicladas 262 mil toneladas de PET, o que equivale a 55,8% do total dessas garrafas no País. Para chegar a esses números, 409 empresas do setor de 4 cidades (São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro) participaram do levantamento.

Os principais colaboradores com essa ação são os catadores. Segundo as organizações, eles representam 47% de todos os fornecedores. O material reciclado é transformado, em sua maioria, em: produtos têxteis (38%), resinas insaturadas e alquídicas (19%) - destinadas à base de tintas e construção civil, com revestimento de piscinas e banheiras, entre outras – e embalagens (17%). 

Porém, mesmo com esses números positivos, integrantes da Abipet alertam para alguns problemas graves ainda presentes neste setor. Os mais relevantes entre eles são a indisponibilidade de mão-de-obra suficiente, a urgente implantação da coleta seletiva em todo o país e a disseminação da cultura da separação das embalagens na sociedade.

A solução para todos eles foi determinada pela Política Nacional de Resíduos Sólidos até agosto de 2014. Segundo a Pesquisa Nacional de Saneamento Básico 2008-2010, do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), atualmente apenas 17,8% dos municípios fazem coleta.

Para saber quais são os locais que fazem este tipo de serviço, foi utilizada a ferramenta Google Maps. Segundo o site “atualmente são mais de 2 mil pontos e funcionam como um alerta à sociedade, para poder participar”.

A própria Associação Brasileira da Indústria do PET possui uma iniciativa nesta área. DenominadaLevPET, ela foi implantada em novembro de 2010 com o intuito de pesquisar os lugares onde as pessoas poderiam entregar as garrafas de plásticos no país. Foram encontrados Pontos de Entrega Voluntária (PEVs), diversas cooperativas e também postos de coleta em ONGs (Organizações Não-Governamentais).

fonte:http://www.canalazultv.ig.com.br

publicado por adm às 11:50
Tags:

Tudo sobre a Reciclagem
pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links